Estúdio do Corpo

26 Jan

Estruturando o Ministério de Dança na Igreja Destaque

OBJETIVOS DO MINISTÉRIO DE DANÇA

1) Adoração

2) Evangelismo

3) Ensino

4) Restauração

 

O Ministério de Dança pretende adorar a Deus e proclamar sua palavra por meio do movimento.

A dança, assim como qualquer tipo de arte, é um poderoso meio de levar e ensinar o evangelho de forma criativa. A palavra falada entra pelos ouvidos, mas a palavra encenada entra pelos ouvidos, olhos e emoções.

Pretendemos também ensinar os integrantes para que sejam adoradores e não somente bailarinos. Pessoas com o caráter de Cristo, que busquem influenciar a sociedade através dos dons e talentos que Deus lhes deu.

Fazer parte de um dos grupos do ministério, é dar a oportunidade para que a pessoa se envolva na obra, cresça no conhecimento de Deus e desenvolva seu potencial.

PUBLICO ALVO

A dança pode atingir todas as faixas etárias (crianças, adolescentes, jovens, adultos, melhor idade). Cada um dentro das suas limitações e objetivos.

ONDE O MINISTÉRIO DE DANÇA PODE ATUAR?

O ministério participa nas celebrações da Igreja (tanto no momento de louvor, como com coreografias durante o culto), em projetos evangelísticos (festivais de dança, evangelismo nas ruas, viagens missionárias) e de ação social (projetos em bairros e escolas, visitas em asilos e lares), apóia as congregações, dá oficinas para treinamento e consolida a visão com várias faixas etárias da Igreja.

O LÍDER

Caracteristicas de um líder: 1 Tm 3:1-13 / At 6:3

Além disso, é interessante queo líder tenha alguma experiência em dança, ou que pelo menos, se interesse em buscar e se aprimorar, procurando oferecer algo de excelência para Deus.

O MINISTRO DE LOUVOR COM DANÇAS

Antes de sermos bailarinos, somos vasos santos, ministros e sacerdotes. Logo, temos a responsabilidade de sermos referencial da glória de Deus.Aqueles que participam do ministério devem entender que o que fazem não é somente algo bonito, mas que deve comunicar alguma coisa. A arte só vai ter valor se salvar, curar, restaurar e edificar. E no caso da dança, a unção vem pelo movimento. Não se trata de um adorno para enfeitar o púlpito da igreja. A vida e o caráter do ministro devem ser tratados antes de estar à frente da igreja.

FORMAS DE TRABALHAR A DANÇA

Coreografias: movimentos pré-definidos e ensaiados. Como uma música e uma letra na qual o Senhor Jesus inspira o compositor. Aqui, podem se desenvolver temas bíblicos com mensagens associadas a problemas socioculturais, políticos e espirituais atuais. Dica: Pense na mensagem e não em simplesmente "amontoar movimento" e fazer algo estéticamente bonito.

Dança livre/ Espontânea/ Improvisação: como um cântico espiritual vindo do coração de Deus (Sl 33:3). Não existe algo pré determinado. Flui no momento.

COMO FORMAR OS GRUPOS?

Dividir os grupos em faixas etárias é importante porque devemos respeitar as limitações e necessidades físicas de cada idade, além das necessidades espirituais. É impossível tratá-los da mesma forma.

Sugestão de como dividi-los:

Crianças - 3 a 6 anos / 7 a 9 / 10 a 12

Adolescentes – 13 a 16

Jovens – 17 anos em diante

Mulheres

Melhor idade

Depois de separar as idades é necessário ver qual o propósito: O grupo será evangelístico?Tem alguma função especifica na igreja (ex: ministrar no louvor)? Pretende consolidar novos convertidos? É aberto para quem quiser ou é um grupo fechado?Qual o nível técnico das pessoas que participam?

É muito importante responder estas perguntas e definir o propósito do grupo para que ele funcione da melhor forma possível. Na igreja, podemos ter vários grupos com propósitos completamente diferentes. Assim é que funciona o Corpo de Cristo,cada um fazendo a sua parte.É impossível que somente um grupo alcance a todos.

OS ENSAIOS

O ideal é que os grupos tenham dois ou mais ensaios por semana de pelo duas horas cada um. Na dança, é necessário continuidade, caso contrario os resultados são lentos.

O Ensaio é a oportunidade de criar e desenvolver o que já existe. Além de ensaiar e criar coreografias é importante que exista um tempo devocional, onde as pessoas possam orar e compartilhar a palavra de Deus, afinal, nosso interesse é ver o crescimento do individuo tanto técnica como espiritualmente.

GERAÇÃO DE RECURSO

Todo ministério necessita de dinheiro para poder se desenvolver. Com o ministério de dança não é diferente. Figurinos, equipamentos para sala (som, colchonetes, ventiladores, etc),cursos de aperfeiçoamento são alguns dos exemplos do que os grupos necessitam. Muitas pessoas acham que a Igreja é responsável por suprir essas coisas, mas eu gostaria de ressaltar que na verdade nós somos responsáveis para suprir a igreja. Ela pode nos dar o suporte, a estrutura maior, mas nossos grupos devem pelo menos se auto-sustentar sem depender do caixa da igreja. Já pensou se todos os ministérios dependessem¿ Nos devemos edificar e auxiliar a igreja a desenvolver e não simplesmente sugar.

Existem muitas formas de você gerar recursos para o ministério, basta usar a criatividade e estar disposto a trabalhar. Isso também é uma ótima oportunidade de ensinar aos integrantes o valor de cada coisa e que tudo necessita de trabalho e não cai do céu. Deus pode operar muitos milagres e prover coisas maravilhosas, mas Ele dotou os seus filhos de capacidade e inteligência. Aquilo que cabe a parte humana,vamos fazer e deixemos para Deus a parte sobrenatural.

PALAVRA FINAL

O que você tem feito para que o seu grupo desenvolva?

Algumas pessoas me perguntam quanto tempo leva para que alguém aprenda a dançar e eu sempre respondo: - "A vida inteira". Sempre temos que estar buscando, pois no momento que paramos,nosso corpo se acomoda,perdemos o alongamento, a agilidade,etc.

Invista no seu ministério.As vezes temos tempo e dinheiro para tantas coisas,mas deixamos de lado aquilo que realmente é necessário. Faça aulas de dança, cursos, congressos, seminários, leia sobre o assunto, assista espetáculos, saiba o que a palavra de Deus fala sobre o assunto, veja filmes,enfim...INVISTA!Você pode optar se quer um grupo medíocre, um grupo comum ou um grupo inteligente.

Pra Kátia Mello

 

Avalie este item
(100 votos)